DIAS SOMBRIOS!







Olá, seres que respiram. Como vai?

    Todos nós temos dias de trevas em nossas vidas, quando o céu se escurece e nenhuma luz chega até você. E sim, somos responsáveis pelas nossas atitudes, nossa raiva e irá. Afinal ficamos iramos nestes momentos. Não é? Gritamos com aqueles que nunca levantaram a voz para nós, proclamamos ódio onde só existe amor. Pisamos nas flores que plantamos e esperamos florescer ansiosamente. Cruzamos os braços quando deveríamos abraçar. Fechamos a porta quando mais precisamos de visitas, afastando as pessoas, nos isolamos deixando a treva invadir cada gota do nosso sangue e falamos coisas sem pensar, agimos sem pensar. Simplesmente, por termos sido magoados ou algo de ruim ter acontecido afetando tudo.
    
E aqui vai uma das minhas citações preferidas, a que define tudo para mim.

“Dizem que o tempo cura todas as feridas. Mas quanto maior a perda, mais profundo é o corte. E mais difícil é o processo para ficar inteiro novamente. A dor pode desaparecer, mas as cicatrizes servem como lembrete do sofrimento. E o deixam preparado para nunca mais ser ferido. Enquanto o tempo passa... Nós nos perdemos em meio a distrações, agimos por frustração. Reagimos agressivamente! Entregamo-nos á irá. Durante todo o tempo... Tratamos, planejamos e esperamos ficar mais fortes. E sem percebemos, o tempo passa. E estamos curados, prontos para começar de novo.
- Klaus. (Série The Originals)


    E quando esses dias de trevas surgem em nossas vidas aqui vai o meu conselho. Tempo. Respire fundo, tente amenizar os danos de suas ações e de tempo ao tempo. Vai passar, a luz demora as vezes... Mas ela sempre arranja um jeito e invade nosso coração.


Com amor,
Mi.

Tráfico Da Mi

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

3 comentários:

  1. Ah, leitor. Caso queira me aconselhar... Vamos lá, leia atentamente este post e trafique um conselho para mim. Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi! Olha eu de volta! haha

    E acho que eu voltei numa hora não tão boa da sua vida, mas eu vim fazer minha parte e te deixar um conselho. A vida sempre nos prega peças e quase nunca a gente tá preparado pra enfrentar o que elas nos propõe. Ai fica difícil, não tem manual, o que você já passou não serve como conselho no momento e você tem que arriscar. Mas arriscar o quê, necessariamente? Talvez eu possa responder: você tem que arriscar a sua força não conhecida ainda. Como assim? Eu explico. Dentro de cada um de nós existe a dosagem certa de força e incentivo para cada momento que passamos e não é lá fora que você vai encontrar a forma de ser forte,e sim, olhando pra dentro de si mesma. Eu sempre falo que a gente deve viver cada coisa da forma mais intensa que pudermos e irmos com a cara e com a coragem pra enfrentar esse mundo que não é nem um pouco fácil. Eu sei como é se sentir encurralada e acabar mostrando pra você mesma um lado nada bom seu. Todos passamos por isso, em fases diferentes, e por já ter me sentido assim, olhando para frente e nada conseguir ver, que eu me senti mais do que incentivada a te deixar essas palavras. Mi, você consegue descobrir e desbravar o que tanto te faz mal. Você consegue vencer isso, mas sinta profundamente esse momento, porque só assim, você vai saber como sair dele e como nunca mais retornar. As respostas você ainda não deve ter, mas você vai encontrá-las onde você menos espera. Sei que está na corda bamba mas a única forma de não cair é procurar o equilíbrio novamente. Deve estar achando que é difícil, mas não é. É engrandecedor esses momentos em que nada do passamos serve como ponto de início para sairmos do que nos acontece agora. Vai garota, aprende! Tira lições que ninguém nunca tirou e se erga novamente. Chora se for preciso, grita, esperneia mas expulsa esse sentimento que te trava. Vai, acredita em mim: você consegue. Te digo isso porque eu consegui vencer o meu mau momento. E fica o tempo que precisar consigo mesma, e quando se sentir bem e preparada para aconselhar novamente, volte pro blog e faça isso. Mas por enquanto escute o que dizemos, e de verdade de todo coração, eu espero que o meu conselho lhe sirva de alguma coisa.
    No meu blog, que eu acho que você gosta, tem um texto, o último postado, que eu acho que vai te dar uma forcinha, olhando por agora posso dizer que foi feito pra você.

    Com muito amor e vontade que você melhore, Thay.
    Grande beijo!

    Sonhos na Bolsa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Thay. Não sei o que dizer, nenhuma palavra pode descrever o quanto você me ajudou e foi querida comigo neste conselho. Engraçado, eu aconselho a tantas pessoas que havia esquecido de como era receber um igual o seu, cheio de intensivo e força. Chorei do inicio até o final, obrigada mesmo. Irei tentar seguir o seu conselho, irei tentar buscar forças. Sinta-se abraçada e eternamente agradecida por mim. Beijos!

      Excluir